Pesquisar

Newsletter


 


 
Faixa publicitária

Liturgia

Faixa publicitária

Eu próprio irei em busca das minhas ovelhas e hei-de encontra-las.

Com a celebração da Solenidade de Cristo Rei, Senhor do Universo, terminamos este Domingo o Ano Litúrgico e por isso queremos bendizer a Deus pelas maravilhas que operou em nós e na nossa Comunidade. Com este Solenidade proclamamos a centralidade de Nosso Senhor Jesus Cristo na vida e na acção da Igreja e damos-Lhe graças pela sua misericórdia e pela sua mão estendida sobre os nossos pecados, pela Palavra oferecida gratuitamente que nos abriu as portas da Vida, pelo dom do Seu Corpo e Sangue que nos amparou e alimentou no caminho, enfim, por ter vindo, Ele mesmo, à nossa procura, sobretudo quando estávamos mais frágeis, débeis e assustados. No meio desta noite escura que atravessamos o Senhor revela-se fiel, misericordioso e atento às nossas feridas.

 

 

Jesus inaugura, entre nós, uma nova realeza que não se enfeita com o poder mas que se adorna com o serviço e com a entrega da própria vida. Com efeito, o Rei do Universo, o nosso Bom Pastor, vai ao encontro das suas ovelhas, procura a que está tresmalhada, cura a que está ferida, alimenta a que está faminta - é este o Rei que celebramos e adoramos hoje, Aquele que fez da Cruz o seu trono de glória e aí nos lavou os pés e nos deu a possibilidade de viver de novo.

Participantes da realeza de Cristo desde o dia do nosso baptismo, também nós somos chamados a partilhar da absoluta e radical disponibilidade de Jesus para servir os irmãos, dando atenção aos mais pequeninos e aos mais frágeis, não com palavras bonitas mas com a oferta da própria vida. Reinar com Cristo é isso mesmo, ir com Ele até ao dom de si mesmo, até ao limite - reinar com Cristo significa assumir o risco, a possibilidade de nos desfazermos de tudo para chegarmos a todos, tal como o Mestre. Peçamos à Virgem Maria que nos conceda a graça de vivermos unidos ao Seu Filho para podermos reinar com Ele e participarmos da Sua glória.